Criada há 17 anos e com a missão de promover o conhecimento e oferecer soluções em segurança pública, a Fundação de Apoio ao Ensino e Pesquisa da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (Faepol) iniciou o ano de 2016 com novos projetos e parcerias, que prometem revolucionar o setor onde atua. Na ideia da Faepol, as ferramentas de capacitação e avaliação aparecem como soluções fundamentais para melhorar a segurança do país e até mesmo padronizá-la no âmbito nacional.

“O 2º Congresso Jurídico dos Delegados da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro visa atender aos anseios da sociedade fluminense e brasileira pela capacitação e mais efetiva atuação das Autoridades Públicas no combate à criminalidade, também oferecendo aos profissionais que atuam nesta seara um ambiente de aprofundamento de conhecimentos e a definição de um norte uniforme a ser trilhado em tal mister. 

O evento é realizado pela Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro e pela Escola dos Delegados de Polícia do Estado do Rio de Janeiro (EDERJ) em parceria com a Fundação de Apoio ao Ensino e Pesquisa da Policia Civil (FAEPOL) e com o apoio do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (TCMRJ), da Associação dos Delegados de Polícia do Estado do Rio de Janeiro (ADEPOL-RJ), da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil (ADEPOL-BR), do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado do Rio de Janeiro (SINDELPOL-RJ) e da Associação Brasileira da Industria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH). 

O 2º Congresso Jurídico ocorrerá nos dias 26 e 27 de outubro na Cidade da Polícia Civil - Av. Dom Helder Câmara, nº 2.066, Benfica, Rio de Janeiro - e almeja avançar na sistematização de conceitos e métodos a serem adotados na investigação criminal, fornecendo enunciados, fruto de produção técnico-científica de cunho jurídico-penal.”

O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, ganhou um sinal verde do governo do estado e vai convocar imediatamente 79 peritos criminais formados em março, e mais 100 oficiais de cartório, que terminaram o curso em julho.

Beltrame recebeu a boa notícia na tarde desta terça-feira (25), durante um almoço com o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), no Palácio Guanabara.

Levantamento recente mostrou que a Polícia Civil tem 23.116 postos de trabalho para oficiais de cartório, investigadores e motoristas, mas apenas 10.348 estão ocupados. A fila de espera ainda é grande. No último dia 28 de julho, outros 734 oficiais de cartório se formaram em cerimônia no Maracanãzinho.

Fonte: Jornal Extra Link da noticia no Extra:
http://m.extra.globo.com/noticias/extra-extra/secretaria-de-seguranca-vai-convocar-peritos- criminais-oficiais-de-cartorio-17296824.html
Pagina 4 de 5